Blog e Notícias

Cemig identifica causa de queda de energia em São José da Lapa

Publicado em 05/09/2017

comissão 2

Um problema no religador automático na região do bairro Dom Pedro I, em São José da Lapa, foi a principal causa de problemas no fornecimento de energia elétrica detectados pela Cemig no município da Região Metropolitana de Belo Horizonte. O assunto foi debatido pela Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) na cidade nesta segunda-feira (4/9/17).

O deputado João Vitor Xavier, autor do requerimento que solicitou a reunião, disse que a comissão foi até a cidade como um esforço no sentido de resolver os diversos problemas enfrentados pelos moradores. “Reconhecemos o trabalho da Cemig, mas devemos cobrar para que não haja problema de eletricidade em nenhum ponto da cidade”, concluiu.

De acordo com o técnico do Sistema Elétrico da Cemig, Dirceu Venâncio Santos Júnior, o problema foi detectado após investigação na rede de energia da cidade. O religador é o responsável por restaurar a energia após quedas eventuais e seu funcionamento incorreto causou inúmeros prejuízos aos moradores.

“Quando relataram os problemas, os moradores também falavam de queda de energia ou de pico, mas não relatavam interrupção, o que prejudicou ainda mais a constatação real do problema. Estamos monitorando e desde julho não tivemos mais problemas de interrupção, apenas quedas rápidas”, completou o técnico.

No entanto, moradores presentes à reunião apresentaram outras reclamações, principalmente relacionadas ao distrito de Inácia de Carvalho. O técnico reconheceu que ainda não há uma conclusão sobre qual seria o problema dessa área específica. “Esta é minha próxima tarefa. Peço que sempre que houver problemas eventuais, nos relatem”, disse.

Horas de espera - Moradora de Inácia de Carvalho, Gisele Alves relatou que o último pique de energia na área foi na noite de 19 de agosto, com o restabelecimento do serviço na madrugada do dia 20. “Nossa energia passa por uma mata. Em qualquer tempestade, ficamos sem água, luz e telefone, e são horas esperando uma resposta da Cemig. Tenho padaria e não pude atender a comunidade no domingo. Sítios alugados na área tiveram de restituir financeiramente quem havia se hospedado lá”, relatou.

Morador do bairro Dom Pedro I, José Alves de Souza discordou de que o problema esteja resolvido, relatando diversos apagões desde julho. “Padarias e açougues perdem material e reclamam com as lideranças de bairro, como eu. A frequência de falta de energia precisa ser a mais baixa possível”, afirmou.

O presidente da Comissão, João Vítor Xavier, destacou a importância da reunião. “Ouvimos reclamações das autoridades locais e da população sobre as quedas de energia na cidade. A Cemig assumiu as falhas, mostrou o trabalho para solucionar e garantiu a solução breve dos problemas. Continuaremos acompanhando de perto, para que a solução realmente aconteça. Nossa visita foi fruto do pedido dos vereadores Gedeon, Fernando Lagartixa e Rogério”, finalizou.

 

Com informações da ASCOM/ALMG

Fotos: Paulo Roberto Chagas

Voltar

Compartilhar:

Faça seu Comentário